O Windows 10 está prestes a mudar a opção padrão “remover com segurança a unidade USB”

Você não tem muita paciência e cuidados quando se trata de remover pen drives e discos rígidos, preferindo retirá-los diretamente de um PC em vez de “ejetá-los”? Em breve, você não precisará se preocupar com a possibilidade de arquivos corrompidos, pois o Windows permitirá que você remova dispositivos de armazenamento a qualquer momento.

Há muito tempo fomos avisados ​​de que a falha em usar o processo “Remover hardware com segurança” antes de retirar um dispositivo USB como pendrive e unidade externa habilitada para Thunderbolt pode causar perda de dados, corrupção ou até mesmo dano mecânico. Mas a Microsoft anunciou que este não será o caso, começando com a versão 1809 do Windows.

A política padrão para as versões atuais do Windows é usar a opção “Melhor desempenho”, na qual o Windows pode armazenar em cache as operações de gravação no dispositivo externo, aumentando a velocidade das transferências de dados.

O uso do ícone Remover hardware com segurança garante que todas as operações em cache sejam concluídas, protegendo, assim, seus dados ao remover uma unidade.

Na atualização do Windows 10, a opção padrão é alterada para “Remoção rápida”, que, como o nome sugere, permite que você tire um dispositivo de armazenamento USB com segurança a qualquer momento. Isso é possível porque o Windows não armazena em cache as operações de gravação em disco, mas isso significa que o desempenho pode ser afetado.

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *